Buscar

TRE passa fazer sessões nas comarcas para agilizar decisões.

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso fez, na sexta-feira, sua primeira sessão plenária presidida fora de Cuiabá em toda sua história. O presidente, desembargador Gilberto Giraldelli, os juízes membros Sebastião Monteiro da Costa Júnior, Jackson Francisco Coleta Coutinho e Gilberto Lopes Bussiki participaram da sessão em Rondonópolis com cada magistrado em sua sala (os demais em Cuiabá) e ação fez parte de uma série de visitas que a gestão está realizando nas Zonas Eleitorais nestes dias que antecedem as eleições de novembro. O objetivo é contribuir com os juízes eleitorais de primeira instância que possuem uma grande demanda para realização dos pleitos municipais.


“Estamos viajando o Estado de Mato Grosso, indo até as Zonas Eleitorais e identificando as dificuldades que os magistrados e servidores enfrentam para realizar as eleições municipal e suplementar. Buscamos soluções rápidas para as demandas identificadas, já que os prazos da eleição são muito curtos. Este é um pleito diferente, e quanto mais planejarmos, maior é a chance de eliminarmos os problemas no dia da votação”, explicou, através da assessoria, o presidente Gilberto Giraldelli.


“Estamos iniciando este projeto de maior presença dos magistrados do pleno fora de Cuiabá. Com muito planejamento, é possível conciliar compromissos para que os juízes possam viajar ao interior e ouvir as sugestões dos demais juízes eleitorais, ter uma conversa aberta, fora da impessoalidade do processo. Isso certamente ajuda na celeridade da Justiça Eleitoral”, destacou o diretor do tribunal, Mauro Diogo.


O TRE também deverá fazer sessão plenária em Sinop em data a ser confirmada.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria).




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo